3 key on-chain metrics that can explain Chainlink’s meteoric rise

The price of the Chainlink LINK token has increased by 480% since the beginning of 2020. These three key metrics can explain the increase.

Is it another pump?
Chainlink has been in the news a lot in recent months with a number of partnerships and integrations. However, every time a crypto currency or token experiences a rapid appreciation, the crypto community begins to speculate about the underlying causes. Usually, the most popular explanation is that the company behind the asset must “pump it up”. We decided to analyze some key on-chain metrics for the LINK token to determine if they can explain the growth of the asset.

Is Chainlink (LINK) a bubble? Chainlink and DeFi data suggest otherwise
LINK active addresses, addresses with non-zero balance & exchange balances

Number of active addresses up to 1,500%

Here we examine three key metrics: number of active addresses, number of addresses with a non-zero balance, and number of LINKS circulating on exchanges. The number of active addresses increased from 970 on January 1 to 14,255 on July 13, almost a 1,500% growth. During the same time period, the number of addresses with non-zero balances has doubled, while the number of LINKs stored on exchanges has decreased by 14 million or 16%. The latter corresponds to a recent report by Flipside Crypto which concluded: “Chainlink has a very committed community. The fact is that more users are accumulating LINK”.

Chainlink integrates with a social network led by the distributed computing pioneer
Bonus: mastering Binance and smart contract activations
There are also two additional observations to take into account. More than half of LINK’s current supply is held in smart contracts. Recently, Michael Anderson, co-founder of Framework Ventures, said that one of the main reasons for the price increase is “the scaled-up use of the project in the DeFi space”.

Another interesting fact about LINK is that it seems to gravitate strongly towards Binance (BNB). At least, of all the exchanges tracked by Glassnode, Bitcoin Loophole holds the vast majority of the token supply. This can probably be explained by the availability of LINK futures on the exchange. Binance dominates LINK’s trading volume and this metric has only increased over time.

Huobi becomes the first major exchange to run a Chainlin node

Bitcoin e Altcoins Hesitate Ahead of Next Move

Na semana passada, o preço do bitcoin não superou a principal região de resistência de 9.500 dólares. Como resultado, houve uma correção de desvantagem abaixo de USD 9.300 e USD 9.200. O preço está sendo negociado atualmente em uma faixa acima de USD 9.200 e pode tentar uma outra quebra ascendente acima da resistência de USD 9.500.

Da mesma forma, a maioria dos principais altcoins estão mostrando sinais positivos e negociando acima de suportes importantes, incluindo etéreo, XRP, litecoin, bitcoin cash, BNB, EOS, TRX, ADA, e XLM. ETH/USD está atualmente (08:30 UTC) subindo e negociando perto de USD 242. A XRP/USD está mantendo o suporte de USD 0,198 e em breve poderá revisitar a zona de resistência de USD 0,205.

Preço do bitcoin

Após uma correção a curto prazo, o preço do Bitcoin Code começou uma nova recuperação. O BTC está mostrando sinais positivos e está negociando acima do nível de 9.200 dólares. Uma resistência imediata está próxima de USD 9.300 e USD 9.320. A principal resistência semanal ainda está próxima de USD 9.500 e USD 9.550, acima da qual os touros podem testar o nível de USD 10.000.
Se não houver uma resistência superior a USD 9.320 ou USD 9.500 esta semana, há o risco de um declínio acentuado abaixo dos níveis de suporte de USD 9.050 e USD 9.000.

Preço do etéreo

O preço Ethereum está bem acima do nível de apoio semanal de 235 dólares. O ETH está subindo e negociando perto de USD 242. Uma resistência inicial está próxima do nível de 245 USD, mas o obstáculo crucial ainda está próximo de 250 USD.
Um fechamento bem sucedido acima dos USD 250 provavelmente abrirá o caminho para mais ascensões em direção aos níveis de USD 262 e USD 265.

Bitcoin cash, ADA e preço XRP

O preço à vista do bitcoin não conseguiu superar a resistência de 245 dólares e foi corrigido abaixo de 240 dólares. A BCH está atualmente se consolidando acima de USD 235 e pode subir lentamente acima de USD 240. Para iniciar um forte aumento, o preço deve ultrapassar a barreira dos 245 dólares. Caso contrário, há o risco de uma diminuição prolongada para o suporte de 220 USD.

A ADA está ganhando força e recentemente quebrou os níveis de resistência de USD 0,125 e USD 0,130. Parece que o preço provavelmente continuará mais alto acima do nível de 0,135 USD. A próxima grande resistência no lado positivo está próxima do nível de USD 0,150. No lado negativo, há apoios decentes que se formam perto de USD 0,128 e USD 0,125.

O preço do XRP testou a zona de resistência de USD 0,212 na semana passada antes de corrigir a baixa. Agora está se consolidando próximo ao nível de USD 0,200, com muitos suportes próximos a USD 0,198 e USD 0,195. Do lado positivo, uma clara quebra acima de USD 0,205 poderia bombear o preço para os níveis de USD 0,212 e USD 0,215.

Outros mercados de altcoins hoje

Nas três últimas sessões, muitos altcoins de pequena capitalização reuniram mais de 5%, incluindo LINK, ERD, LRC, DIVI, RLC, FXC, BNT, RSR, XTZ, e ZEC. Destes, a LINK ganhou mais de 25% e foi negociada a um novo recorde acima de USD 8,00 antes de corrigir o valor mais baixo.

Resumindo, o preço do bitcoin está sendo negociado acima de um par de suportes importantes perto de USD 9.100 e USD 9.000. Enquanto não houver um fechamento abaixo de USD 9.000, o BTC poderá continuar a subir para USD 9.500 e USD 9.550 a curto prazo.